Notícias


Do tender ao panetone! Conheça indicações de harmonização para as ceias de final de ano

Atualizado em 06/12/2017

Para celebrar as festas de fim de ano, a Mundovino indica as melhores opções de harmonização para os tradicionais – e deliciosos – pratos de Natal e Ano Novo, em um guia que vai ajudar até os iniciantes no mundo do vinho a fazer bonito e ganhar o título de sommelier da ceia. 

 

“Nestas ocasiões tão especiais é muito comum ficar em dúvida sobre o melhor vinho para harmonizar com esse ou aquele prato, principalmente nos cardápios de final de ano. Todos querem impressionar e, para acertar, nada melhor do que ter à mão ideias e sugestões que vão agradar a todos os paladares e combinar com os principais pratos que compõem as ceias de final de ano”, comenta Carlos Migues, diretor da Mundovino. Lembrando que as sugestões servem para facilitar na hora da escolha do vinho, mas a melhor harmonização será sempre ao gosto do freguês.

 

Confira as combinações do Guia de Harmonização Mundovino para surpreender com bom gosto nas festas de final de ano. As dicas serão ainda mais proveitosas porque os vinhos indicados podem ser comprados facinho, facinho pela internet, direto na loja online da Mundovino: www.mundovinobrasil.com/shop!

 

 

 

PERU E LEITÃO: As carnes desses três clássicos de fim de ano têm suculência e sabores atenuados, que precisam de vinhos elegantes, frescos e taninos suaves no paladar. Por isso, quem escolheu prepará-las pode apostar nos seguintes vinhos:

 

 

- Invisible Man (R$ 139): vinho tinto - aromas de frutas vermelhas e toque floral. Notas de tostados, caramelo e especiarias. Acidez integrada e frescor equilibrado.

 

- Habla La Tierra (R$ 98): vinho tinto - mescla aromas de folhas de tomate, anis e flor de camomila. Para o paladar é fresco, encorpado e vivaz. Tem estrutura fina e equilibrada.  

 

- Cavalls (R$ 98): vinho tinto - aromas de frutas vermelhas e, no paladar, apresenta notas balsâmicas e minerais, que proporcionam uma experiência fresca e sedosa.   

 

- Casa del Rojo (R$ 147): vinho tinto - notas balsâmicas, de frutas vermelhas maduras e azeitonas negras. Encorpado e com taninos equilibrados.

 

 

PERNIL E TENDER: Para acompanhar a carne nobre do tender, ou a suculência do pernil, os vinhos mais encorpados e potentes podem ser a escolha certa:  

 

- Maquinon (R$ 172): vinho tinto - notas minerais intensas e equilibradas, acompanhadas pela fruta madura da uva e os delicados toques de torra. Redondo e encorpado.   

 

- MMM Macho Man (R$ 139): vinho tinto - tem aroma de frutas vermelhas típicas da variedade. Acidez equilibrada e taninos maduros.  

 

- Alexander vs THE HAM FACTORY (R$ 220): vinho tinto - apresenta notas de especiarias das barricas de carvalho.  

 

- Habla del Silencio (R$ 167): vinho tinto - toques de cereja, amora, menta e pimenta. É fresco e encorpado, com notas de fruta e bombom de licor de cereja. 

 

 

BACALHAU, MOQUECA E PERU: Se a ideia é apostar nos sabores acentuados do bacalhau e da moqueca, ou na ‘gordurinha’ suculenta do peru, é bom incluir estes rótulos com acidez e frescor no menu:

 

- El Gordo del Circo (R$ 139): vinho branco - combina aromas característicos de frutas verdes, maçã, pêra e frutas tropicais como abacaxi, com fundo de ervas frescas.    

 

- Habla de Ti (R$ 158): vinho branco - aroma característico da uva, toques de manga e folhas de tomate. É fresco e agradável, com longa persistência de frutas tropicais.  

 

- La Marimorena (R$ 149): vinho branco - o clássico Albariño apresenta aromas minerais, de ervas aromáticas, cítricos e frutas. É refrescante e possui acidez equilibrada.   

 

 

RABANADA E PANETONE: Para fechar a ceia com os doces tradicionais da época, nada melhor do que abrir um cava catalão com frescor e personalidade como esse. O vinho também é alternativa perfeita para acompanhar petiscos com queijos azuis, como o roquefort, rolinhos de salmão com cream cheese ou uma pasta de Homus bem condimentada:

 

- Moltó Negre (R$ 171): espumante – delicado e frutado, traz, na formação de suas finas borbulhas, aromas integrados de amora e pão tostado.

 

 

Mundovino Brasil

 

Importadora reconhecida internacionalmente, a Mundovino tem como compromisso trazer ao seu público os vinhos de maior representatividade do mundo todo, com a colaboração de profissionais da nova geração, que estão constantemente engajados na criação de produtos inovadores para os apreciadores do vinho. Em sua chegada ao mercado brasileiro, a importadora lança os projetos inusitados The Wine Gurus, que faz releituras contemporâneas de vinhos representativos da Espanha elaborados com uvas autóctones de cada região, e os poéticos e minimalistas vinhos da Bodegas Habla da Estremadura.

 



Publicidade

Publicidade



Publicidade

Publicidade